4 de set de 2011

Charge da Semana: As prioridades do governo Dilma Rousseff (PT, PMDB, PSD, PR, PP, etc) – Autor: Carlos Latuff


Charge da Semana: As prioridades do governo Dilma Rousseff (PT, PMDB, PSD, PR, PP, etc) – Autor: Carlos Latuff
_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

4 comentários:

  1. Mas o que vocês querem mostrando charges como estas? Moratória (que agora está na moda chamar de 'default')? É impossível manter o país andando, como tem ido, sem pagar a dívida. Sem esse estupro econômico, não haveria investimentos estrangeiros no país, o estado burocrático e burro não saberia tomar conta das coisas que as transnacionais deixaram pra trás e tudo viraria uma grande zona, aos moldes do que houve na URSS em seu fim. É muito ruim ter de pagar isso, mas é muito pior simplesmente não pagar. Vocês só podem ser totalmente alheios à realidade, imaginando uma revolução marxista no mundo atual. Uma reviravolta político-econômica só é viável se houver distanciamento considerável do socialismo e do atual 'capitalismo'; uma coisa tão abrangente quanto, mas não inventada até agora. Então, nosso futuro próximo e presente é a poça de lama dessa(s) dívida(s). Muito menos pior que o pântano vermelho ideológico jurássico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o Brasil pode ser qualquer destes ISTA, socialista, Marquisista, comunista, Diotadura menos Democratico

      Excluir
  2. Que tal uma auditoria dessa dívida?
    E depois pagar o que é justo e não o que dizem que devemos pagar???

    ResponderExcluir
  3. A charge mostra o absurdo que engolimos a seco!!!
    Sobre o vídeo "DOCUMENTÁRIO SOBRE TRANSPORTE COLETIVO EM FEIRA DE SANTANA - 2011" é incrível como ainda há resquícios da ditadura,quando o estado admiti o uso de policiais para coibir manifestações lícitas.Fico indignado com tais coisas.Os bostéticos do PT deveriam relembrar o seu passado histórico e não praticar crimes que a muito condenavam quando era oposição.

    ResponderExcluir