16 de nov de 2014

JHONATAS DISCUTE CRIMINALIZAÇÃO DA POBREZA EM ENCONTRO DE ESTUDANTES DE MEDICINA

Como parte da programação do XVIII Encontro Regional de Estudantes de Medicina (EREM), da regional Nordeste I, Jhonatas Monteiro (PSOL) coordenou uma oficina com o tema “Criminalização da Pobreza”, no dia 15 de novembro. A partir da indicação da organização do EREM que a abordagem tratasse da relação com a política de “guerra às drogas” e o extermínio da juventude negra, Jhonatas organizou a atividade através dos questionamentos “O que é criminalização da pobreza? Como funciona esse processo? Quais seus resultados? O porquê de sua existência?”. Dessa forma, Jhonatas analisou como numa sociedade capitalista há a produção social do crime e do criminoso, o que implica em formas de seletividade que no caso brasileiro implica evidentemente nos pobres e negros como alvos da política de segurança. Em específico, essa seletividade é operada por meio penal, mas principalmente através da mídia corporativa – construtora de estereótipos que reforçam o imaginário sobre os “lugares” da “violência”, do “crime”, do “tráfico” etc. Como resultado, em meio ao crescimento geral das mortes violentas, se destaca o verdadeiro extermínio da juventude negra – Registrando casos de mais de 1000% de homicídios em relação à população branca, segundo o Mapa da Violência - e absurdo crescimento do encarceramento que levou o Brasil ao quarto lugar no mundo em temos de população carcerária, da qual mais de 60% é negra. Assim, a oportunidade da oficina buscou estimular a reflexão inicial sobre um tema em geral pouco debatido criticamente.


Ascom PSOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário