28 de jul de 2011

Entidades definem calendário para ampliar campanha “10% do PIB para a Educação Pública, Já!”


Por Renata Maffezoli
ANDES-SN
As entidades que participam da campanha “10% do PIB para a Educação Pública, Já!” se reuniram na sede do ANDES-SN, em Brasília, na última quinta-feira (21/7) para definir novas ações para a mobilização em torno da luta pela aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na educação pública, a partir do segundo semestre.

Diante da necessidade imediata em ampliar o movimento, foi deliberado que cada entidade integrante leve o debate para suas bases e convide outras organizações a aderirem à luta.


“Neste segundo encontro, tivemos a presença de novas entidades, além daquelas que já participaram da primeira reunião. Isso mostra que o movimento está crescendo. Neste momento, percebemos que é importante ampliar o debate para as bases. As entidades saíram da reunião com esse comprometimento. A perspectiva é de que, após a Jornada de Lutas, realizemos uma nova reunião para avaliar a força da campanha e discutir a possibilidade de um plebiscito”, comentou Bartira Grandi, 1ª vice presidente da regional Sul do ANDES-SN e membro da comissão executiva da campanha.

Os presentes definiram ainda um calendário de ações (confira abaixo) para integrar a campanha à Jornada Nacional de Lutas, que acontece em agosto. A produção de materiais (cartazes, adesivos, faixas e camisetas) para divulgação ficou a cargo da comissão executiva composta pelas seguintes entidades: ANDES-SN, ANEL, CSP-Conlutas, FENEX, MST, MTL, SEPE/RJ, FEDEP/RJ, SINASEFE, Unidos para Lutar, UNE, SINDSPREV/RJ e Executiva Paulista de Estudantes de Pedagogia.

Calendário de ações:
Dia 17 ou 18: Realização de atividades dos estados, com destaque para o tema “Financiamento da Educação Pública”;
Dia 23: 14h - Reunião das entidades – balanço das atividades (local a ser definido);
17h - realização de debate sobre o tema “Financiamento da Educação Pública”, em local a ser definido;
Dia 24: Participação na marcha da Jornada de Lutas, com uma “Ala dos 10% do PIB para a Educação Pública, Já!”, identificada com camisetas, cartazes, faixas e adesivos;
Após o ato: Realização de uma plenária nacional (em local a ser definido).
Fonte: ANDES-SN

Nenhum comentário:

Postar um comentário