7 de set de 2011

MSTB bloqueia BR-116 Norte, em Feira de Santana (BA)


Integrantes do Movimento Sem Teto da Bahia (MSTB), pertencentes à Ocupação Quilombo Lucas da Feira, em Feira de Santana (BA), fecharam as duas vias da BR-116 Norte, nas imediações da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), durante protestos na manhã desta segunda-feira (5).
O grupo iniciou a manifestação por volta das 7h, queimando sofás, colchões e pneus  próximo à antiga fábrica da Alimba, onde estão assentadas 87 famílias desde o dia 23 de abril deste ano. O objetivo é pressionar o governo municipal a adiantar o processo de desapropriação da área. Por conta do protesto, que durou duas horas, o congestionamento na via chegou a 3 km.
Durante a manifestação, houve um momento de tensão, quando um policial civil, não identificado, desceu um veículo Fiat Palio prata com uma arma em punho e ameaçou atirar contra os manifestantes, caso não o deixasse passar. O policial chegou a descer com o carro até o bloqueio, mas foi contido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), que o fez retornar e aguardar o fim do protesto.
De acordo com Joquielson Batista, coordenador da ocupação, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur) fez uma visita técnica ao terreno e se comprometeu a construir habitações por meio da Conder, mas necessita antes que a prefeitura providencie a desapropriação.
“Pedimos serviços essenciais, como coleta de lixo, vigilância sanitária e escola para as mais de 300 crianças. Até agora, só conseguimos a coleta de lixo”, disse Batista.
Ainda conforme o coordenador, a última reunião com a prefeitura aconteceu em maio. Outra deveria ser marcada após 30 dias, mas foi cancelada sem novo agendamento. Batista explica que os proprietários do terreno já foram notificados através de edital, mas não responderam.
O secretário municipal de Habitação, Gilberto Ruy, esteve no local e afirmou que uma nova reunião com a prefeitura deverá acontecer na próxima quinta (8) ou sexta-feira (9). Através de sua assessoria de comunicação, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana explicou que o edital foi publicado no dia 10 de agosto e que já foi iniciada a negociação para desapropriação do terreno. Sobre os serviços essenciais, a administração do município explicou que todas as demandas foram repassadas às secretarias responsáveis e que os problemas devem ser resolvidos “o mais breve possível”.
*Fonte: Jornal Impacto  (Com alguns pequenos ajustes do Página 50)
_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Nenhum comentário:

Postar um comentário