26 de nov de 2011

A maioria precisa ter voz no SUS! – Nota Pública do PSOL Feira de Santana.


A saúde de Feira de Santana precisa avançar. A maioria precisa ter voz. É nesse espírito de estímulo à participação popular que o PSOL apoia a iniciativa da implantação dos Conselhos Locais de Saúde (CLS) em Feira de Santana, promovida por parte dos conselheiros municipais de saúde, acreditando que aproximar as comunidades populares da avaliação e planejamento das atividades de saúde pode ser uma via de canalização de insatisfações da maioria da população feirense.


O controle social, por meio da participação popular nos conselhos, cumpre um papel importante no processo de conscientização e politização da população quanto ao seu direito à saúde. A mercantilização da saúde se fortalece da precarização do Sistema Único de Saúde (SUS), induzindo pessoas a aderir ou sonhar com um plano de saúde. Porém, a imensa maioria da população necessita e usa o SUS! E precisa de um SUS eficiente e resolutivo. Os CLS são um dos instrumentos de luta na cobrança de políticas públicas de saúde efetivas para quem sofre em seu dia-a-dia com a ineficiência do sistema de saúde.

No seminário sobre a implantação dos CLS, ocorrido no dia 05 de outubro deste ano, foi estabelecido um prazo (meados de dezembro) para que se fizesse uma avaliação do andamento da implantação dos conselhos pelas unidades de saúde da família (PSF). Esse prazo está se aproximando e é fundamental que todas e todos aqueles que lutam pela saúde como um direito acompanhem os seus possíveis desdobramentos.

Conhecer o SUS para defendê-lo!

Controle Social para fortalecer a luta!

PSOL – Feira de Santana, 26 de novembro de 2011

_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Nenhum comentário:

Postar um comentário