8 de jan de 2012

O MÍNIMO DO NADA – Por Eduardo Leite

Essa foto de Serra Pelada exemplifica o Brasil de ontem e de hoje, país rico de um povo miserável que banca a fortuna de uns poucos.

Ano novo, promessas novas, mentiras, iden. E a falta de interesse em apurar os corruptos dos gabinetes ao lado, continua. A Nave se vai ao toque bilionário das verbas publicitárias que alienam os pobres de espírito e desprovidos da necessária moeda.


Também, novo é o salário Mínimo que na realidade é um mínimo do nada. Se nos dermos ao trabalho de fazer a seguinte comparação de custos.

Exemplo: uma família de 5 pessoas que toma um cafezinho em um modesto boteco que em média custa 1,50 reais, 3 vezes ao dia ao longo de um mês de 30 dias teremos o total de 675,00 reais.

O absurdo que existe nesse brutal sistema capitalista prá lá de corrupto é que a maioria esmagadora dos assalariados registrados em carteira nesse país ganha um salário mínimo, agora, de 622,00... Aumento referente a 14%, já no mesmo período de um ano a Polícia Federal detecta um aumento de 100% no desvio das contas públicas...

Enquanto isso, em paradisíaca praia baiana, cuja residência oficial teve uma pequena reforma ao custo de mais de 600.000,00 reais, a presidente Dilma, descansa com filha, mãe, tia, neto, com direito a babá paga com o erário e ainda de quebra, dizem, o ex-marido. Porreta.

Viva(?) o povo brasileiro com essa ``esquerda´´ fajuta, corrupta bancada por esse partido, PT, e sua base aliada prá lá de fisiologista. Feliz Ano Novo. Não custa nada sonhar.

Eduardo Leite
_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Nenhum comentário:

Postar um comentário