14 de jun de 2012

Carta Aberta dos/a Professores/a Militantes da Intersindical/Bahia e do PSOL sobre a Greve na Educação

Nós, professores do Estado da Bahia, militantes da Intersindical Bahia e do Partido Socialismo e Liberdade, expressamos nesta carta nosso apoio irrestrito à greve dos professores. Partindo do pressuposto de que direito garantido por lei não se negocia, se aplica, exigimos a APLICAÇÃO INTEGRAL DA LEI DO PISO, cumprindo com os 22,22% referentes ao aumento do valor custo aluno/qualidade do FUNDEB, Fundo Nacional da Educação Básica. Em nome do princípio da transparência da gestão pública, defendemos a urgente abertura das contas deste fundo vinculado exclusivamente à educação e do qual pelo menos 60% deve ser utilizado visando a recomposição salarial do magistério.

Repudiamos a intransigência do governo Wagner e dos seus aliados, que de maneira ilegítima tenta humilhar a categoria dos professores, um dos pilares mais importantes de qualquer sistema de educação que se preze, aprovando LEIS DRACONIANAS RETIRANDO DIREITOS dos mesmos. Exigimos respeito ao professor, assim como a revogação das leis 12364/2011, 12577/2012 e da 12578/2012. Dessa forma, solicitamos a reabertura imediata da mesa de negociação para a discussão de todas as pendências de que tratam a lei do piso, como 1/3 da jornada para atividade de classe (AC), o plano de carreira, a reposição das aulas, as nossas condições de ensino/aprendizagem e as licenças, aposentadorias, etc.
Ressaltamos a importância da presença dos professores na luta da categoria, uma vez que a educação política é construída, mais além da mera teoria, na prática diária. Nós da Intersindical nos fazemos presentes no dia a dia da greve, construindo suas manifestações gerais e zonais, e na ocupação da ALBA, na qual podemos ser identificados por nossas camisas, adesivos e bandeiras.
Somos: Anderson Silva (Comando de Greve – Zonal Subúrbio), César Carneiro (Zonal Subúrbio), Fábio Ferreira (Zonal Subúrbio), João Guerra (Zonal Orla 1), Marivaldo Cerqueira (Zonal São Caetano/Periférica), Manoel P. Lima Júnior (Comando de Greve - Zonal São Caetano), Vanessa Matos (Negra Livre – Comando de Greve - Zonal São Caetano), Wendell Leão (Zonal Centro). 

Veja também:

Wagner, Ilegal é Descumprir o Piso Salarial dos Professores! - Por Jhonatas Monteiro - http://pagina50.blogspot.com.br/2012/05/wagner-ilegal-e-descumprir-o-piso.html
PSOL: o partido da defesa dos 10% do PIB para a educação pública já! - http://pagina50.blogspot.com.br/2012/05/psol-o-partido-da-defesa-dos-10-do-pib.html
A NOSSA GREVE É LEGAL! ILEGAL É O GOVERNO WAGNER DO PT E ALIADOS! - Por Profª Vanessa Matos Intersindical/Bahia - http://pagina50.blogspot.com.br/2012/06/nossa-greve-e-legal-ilegal-e-o-governo.html
Quem dá mais pela Educação na Bahia – Por Cesar Carneiro - http://pagina50.blogspot.com.br/2012/05/quem-da-mais-pela-educacao-na-bahia-por.html

_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Nenhum comentário:

Postar um comentário