2 de ago de 2014

JHONATAS HOMENAGEADO COMO PARANINFO EM FORMATURA DE SERVIÇO SOCIAL DA FAN

A convite dos formandos do curso de Serviço Social da Faculdade Nobre (FAN), Jhonatas Monteiro (PSOL) participou da cerimônia de formatura como Paraninfo da turma “Diversidade”, no dia 02 de agosto. Em seu discurso, Jhonatas parabenizou a turma pela conquista, mas ao saudar os familiares ressaltou que não o fazia apenas por formalidade: especialmente uma turma de serviço social tem a obrigação de perceber que o caminho trilhado durante a formação profissional necessariamente teve a participação de muitas pessoas, ou seja, é uma conquista coletiva. Nesse sentido, chamou atenção para o papel do assistente social em evitar o risco de “olhar a árvore, mas não ver que ela faz parte de uma floresta”, pois vivemos em uma sociedade em que a regra é individualuzar problemas que são sociais. Como um segundo risco a ser evitado, Jhonatas lembrou a história do criminoso de guerra nazista Adolf Eichmann: em seu julgamento pela responsabilidade por milhares de mortes, Eichmann se colocava apenas como burocrata cumpridor de ordens. Dessa maneira, tendo em vista o papel do assistente social na articulação das políticas públicas, Jhonatas problematizou o discurso comum de que o bom funcionário é aquele que “faz tudo que lhe é mandado”: numa sociedade desigual como a nossa, a necessidade é de profissionais de serviço social que não esqueçam o que aprenderam e provem esse compromisso permanente com a reflexão sobre sua prática cotidiana.

Ascom PSOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário