12 de mar de 2011

XINGU VIVO ORGANIZA ATO CONTRA BELO MONTE

Manifestação em Brasília / DF - Fev.2011.

O movimento "Xingu Vivo" e aproximadamente 200 lideranças de pescadores artesanais da região do Xingu, 40 km do município paraense de Altamira, estão organizando um grande ato de protesto denominado "Pescaria" para a próxima segunda-feria (14), das 10 às 20h00, em frente ao escritório local da Eletronorte, contra o início das obras de instalação dos canteiros da usina hidrelétrica de Belo Monte, iniciadas pelo consórcio "Norte Energia" logo que o Tribunal Regional Federal da 1ª Região cassou no início deste mês a liminar que suspendia as obras.

"Estamos mobilizados e ao mesmo tempo mobilizando ambientalistas, lideranças políticas e sindicais do Pará e os pescadores dos municípios de Gurupá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Vitória do Xingu e Altamira", disse Mônica Brito, do Movimento "Xingu Vivo". E ainda: "Contamos com a participação várias lideranças indígenas de toda a região e também de lideranças populares de Uruará (área de ocupação) para mais essa atividade de enfrentamento aos desmandos do governo federal e seus aliados locais", concluiu.

Ato de São Paulo - Fev.2011.
 A senadora Marinor Brito, líder do PSOL no senado federal, manifestou solidadriedade e apoio ao movimento "Xingu Vivo" e seus aliados na região do Xingu. "Belo Monte é uma fraude jurídica. Suas audiências e licenças ambientais foram forjadas para atender aos interesses do governo federal. É também um grande desperdício de recursos públicos, estimados incialmente em r$ 30 bilhões de reais que não vai gerar a energia que promete gerar, além disso, vai destruir o rio Xingu e dizimar diversas populações indígenas e tradicionais, por isso, o PSOL é contra a construção dessa hidrelétrica e sempre vamos apoiar manifestações que digam não a Belo Monte - disse.

Fotos: Movimento Xingu Vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário