4 de ago de 2011

“Reforma Política”: PSOL de Salvador promove debate com Senadora Marinor Brito (PSOL-PA)

Nesta segunda-feira, dia 8, às 19 horas, na Universidade Católica de Salvador (UCSal), Campus da Federação, no Espaço Cultural, Avenida Cardeal da Silva, 205, a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) participa de um debate promovido pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Salvador que tem como tema principal “A Reforma Política”.

Cecília Silva, membro da executiva do PSOL local, informa que “todas e todos estão convidados para debatermos esta questão e apontarmos caminhos em que se assegurem a representatividade dos eleitores e que tenhamos um sistema eleitoral mais democrático e menos conservador que o atual”, afirma.
Presente em Salvador para participar de atividades da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas durante o dia 8, a senadora Marinor Brito tem travado a discussão sobre a necessidade de uma reforma política ampla que se trava no Senado. No debate ela tratará ainda de outros temas como o Plano Nacional de Educação e a Reforma do Código Florestal, prestando contas das ações da bancada do PSOL no Congresso Nacional.
CPI do Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas
A senadora Marinor Brito, líder da bancada do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no Senado Federal, propositora e relatora da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas estará em Salvador no dia 8, segunda-feira. “Salvador é uma das capitais do nordeste que mais recebe turistas e já detectamos situações de aliciamento de mulheres e casos confirmados de trabalho escravo no interior da Bahia, seja para o aliciamento e tráfico de mulheres para exploração sexual fora do País, de modo que temos muito trabalho da CPI a desenvolver aqui”, disse Marinor Brito.
Pela manhã a CPI realiza oitivas, ouve relatos individuais e pela tarde, das 14h às 18 horas, em Audiência Pública, que conta com a parceria da Ouvidoria Geral da Câmara, das Comissões de Direitos da Mulher da Câmara e Assembléia Legislativa de Salvador.
A CPI aprovou requerimentos convidando representantes do Ministério Público, tanto das esferas estadual quanto da federal, a Polícia Civil e o Núcleo de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas do Estado da Bahia. A Procuradoria do Trabalho da 5ª Região também será convidada a relatar fatos investigados relacionados ao tráfico de pessoas.
A CPI do Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas foi criada a partir de requerimento da senadora Marinor Brito (PSOL-PA) em março passado e foi instalada em junho e deverá funcionar por 120 dias. A comissão vai apresentar, ao final de seus trabalhos, propostas legislativas destinadas a coibir essa prática criminosa.
Na reunião da CPI no dia 8 serão ouvidas autoridades sobre a incidência do problema no estado. A Bahia é citada em investigações da Polícia Federal como pólo e rota de tráfico de seres humanos do país. Salvador, uma das cidades mais visitadas por estrangeiros, é uma das capitais mais afetadas pelo turismo sexual. Essa atividade frequentemente está associada ao crime de exploração sexual e ao tráfico de mulheres para o exterior. “A legislação ainda não é tão clara para ajudar no enfrentamento desse tipo de crime”, finaliza a senadora Marinor Brito (PSOL-PA), relatora da CPI.

_______________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Convide amigos(a) para a atividade via evento no Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário