17 de set de 2011

Deputado Jean Wyllys (PSOL) está sendo ameaçado de morte.

O deputado federal e colunista de CartaCapital Jean Wyllys (PSOL-RJ) está sendo ameaçado de morte por uma comunidade na rede social Orkut. A comunidade, que existe desde o dia 8, tem 20 membros e está relacionada com outras como a “Contra Feminismo” e “Movimento Masculinista”.
Jean Wyllys foi eleito ano passado a deputado federal e apoia o PL122, que criminaliza a homofobia. Wyllys também propõe lei que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Assunto ao qual a comunidade faz referência por meio de texto e afirma que “esse viado deve ser morto, levar umas porradas, ser torturado, desejo a morte de todos os gays e lésbicas, devem ser estupradas e mortas. Vamos debater aqui a forma de matar esse filho da p… do Jean”.
De acordo com reportagem do Estadão.com o deputado entrou em contato com o Google, pedindo a retirada da comunidade do ar, mas a empresa afirmou a Wyllys que o “a página não contrariava as políticas do grupo e por isso eles não poderiam tirar a página do ar”.
Wyllys afirmou que é a favor da liberdade de expressão na internet e que ela deve ser garantida, mas que é preciso pensar em “instrumentos legais que possam impedir que as pessoas usem o anonimato para crime”.
_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Um comentário: