28 de mai de 2016

EM DEFESA DOS DIREITOS DA POPULAÇÃO LGBT: Moção de repúdio contra o fundamentalismo religioso na Câmara de Vereadores de Feira de Santana



O PSOL de Feira de Santana repudia as tentativas, por parte da Câmara Municipal de Feira de Santana deste município, de impedir o debate LGBT na cidade, demonstrando o fundamentalismo e as opressões intrínsecas a esta casa legislativa. Como exemplo, destacamos as atitudes do vereador Edvaldo Lima (PP) e do resto da bancada evangélica, que tem usado seus mandatos para atacar a população LGBT.

Em 2015, o parlamentar já havia demonstrado seu ódio, ao defender uma moção de repúdio ao beijo lésbico em uma novela. Agora ataca o direito de travestis e transexuais de serem atendidas no Centro de Referência Maria Quitéria, demonstrando o retrocesso em toda a discussão de identidade de gênero. Além disso, ainda tentar obstaculizar o direito à cultura da população LGBT feirense, através da apresentação de uma emenda que altera o Plano Municipal de Cultura e elimina do texto questões ligadas à diversidade e às pautas da luta LGBT.

O PSOL Feira de Santana, em conformidade com o nosso programa político, declara apoio à população “T” e a todos os LGBT’s de feira de Santana, na luta por mais acesso à cultura, saúde e direitos.

28 de maio de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário