8 de fev de 2011

Plínio apoia luta contra aumento de passagens e critica mínimo

Um comentário:

  1. Precisamos realmente fazer algo. Sobre o reajuste do salário mínimo, o governo usa o argumento sobre a inflação do ano passado e o PIB de dois anos atrás. Se eles quisessem, eles poderiam muito bem ser realistas e fazer um reajuste decente e realista.

    O mais engraçado, para não dizer ridículo, é que o reajuste do salário mínimo demora meses - até hoje está em medida provisória - enquanto o salário dos próprios deputados é decidido de um dia para o outro, sem precisar de sanção do presidente.

    ResponderExcluir