25 de set de 2011

Todo apoio à criação do Estado Palestino – Por Dep. Ivan Valente (PSOL)


O extermínio palestino promovido por Israel. A imagem prova que extermínio não é um termo exagerado.

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados,
Nesta ocasião, inclusive de realização da Assembléia Geral das Nações Unidas, quero manifestar a posição do Partido Socialismo e Liberdade de total solidariedade e apoio ao povo palestino pela humilhação e o sofrimento que sofrem, desde 1948, expulsos de suas terras pelas potências ocidentais, não podendo ter o seu Estado próprio. O nosso apoio total à criação do Estado Palestino.
Nós queríamos, neste momento, denunciar, sim, que apenas um país e agora a França também, através de veto, querem impedir a viabilização desse sonho do povo palestino.
Desde aquele tempo, todas as resoluções da ONU foram favoráveis a essa visão de se criar o Estado Palestino e de condenar a ocupação de territórios cada vez maiores, não só depois das fronteiras de 1967, mas inclusive ocupados por colonos israelenses, terras palestinas agora, e o chamado Muro da Vergonha.
As palavras do Presidente Obama, ontem, de que não há atalhos para a solução da causa palestina, são dois pesos e duas medidas. Até outro dia, os Presidentes Obama e Sarkozy estavam abraçados com o ditador da Líbia Muhamar Kadafi, e também Berlusconi e o Primeiro-Ministro inglês. No dia seguinte, se aprovou uma resolução da ONU para que a OTAN pudesse bombardear a Líbia e o seu povo. São mais de 35 mortos, em nome da defesa de civis líbios. Mas o interesse lá é o próprio petróleo líbio, que está sendo repartido.
E nesse momento Israel continua sendo a ponta de lança do imperialismo norte-americano no Oriente Médio. É disso que se trata. É insustentável que um país que esteja isolado, como está, por exemplo, com a perda do apoio da Turquia e agora com a Primavera Árabe, da não mais anuência do Egito ao cerco à Faixa de Gaza, que se permaneça com uma política militarista e se continue adiando a criação do Estado Palestino.
Só podemos entender isso, Sr. Presidente, da seguinte forma: o lobby financeiro sionista é muito forte em Nova Iorque e na Europa, e ele continua atuando livremente nessa direção.
Entendemos que, dentro do próprio Estado de Israel, as pessoas que vivem com medo, militarizadas, também deveriam se rebelar contra isso. É preciso que haja democracia no Oriente Médio e é preciso que haja os dois Estados. Isso é necessário. Não é mais possível tanto cerco, tanta pressão, tanta humilhação.
É insustentável moral e politicamente que um Estado, armado até os dentes de guerra, permaneça dando ordens militares ao conjunto do Oriente Médio, sustentado pelas potências ocidentais e pelo capital financeiro norte-americano.
Nosso apoio total à causa palestina e à criação do Estado Palestino.
Muito obrigado, Sr. Presidente.

Ivan Valente
Deputado Federal PSOL/SP
_________________
Pedimos divulgação por e-mails e nas redes sociais.

Faça parte do perfil: Facebook - Página 50

Um comentário:

  1. Estou preocupado com o seu ponto de vista é preocupante pessoas como vc na política, "Bem-aventurados os que trilham com integridade o seu caminho, os que andam na lei do Senhor!"
    Salmos 119:1

    ResponderExcluir