6 de dez de 2013

PRÓXIMA EDIÇÃO DO "PSOL DEBATE" TERÁ COMO TEMA TRANSPORTE COLETIVO E MOBILIDADE URBANA


O Partido Socialismo e Liberdade de Feira de Santana está realizando mais um “PSOL Debate”, evento aberto a toda comunidade, que está em sua III Edição e dessa vez conta com um novo formato: uma série de debates públicos promovidos pelo Partido que se prolongarão até o início de 2014 em datas esparsas, ao contrário das outras edições que foram eventos concentrados em um único dia ou em dias consecutivos.

Após o debate inicial no dia 23 de novembro, o tema da próxima mesa será “Transporte coletivo e mobilidade urbana”, no dia 14 de dezembro. A atividade tem como objetivo promover a reflexão coletiva acerca da dramática situação vivenciada pela maioria da população no transporte coletivo dos grandes centros urbanos brasileiros, mas principalmente discutir alternativas ao péssimo sistema de transporte de Feira de Santana. A desconexão entre as modalidades de transporte, ônibus velhos e sujos, os atrasos incontáveis, o descaso com a periferia, a exorbitante tarifa, são apenas alguns dos problemas que tornam infernal a vida dos usuários do dito Sistema Integrado de Transporte (SIT). O problema é histórico, mas se tornou uma doença crônica na vida da cidade na última década com a total conivência das gestões municipais.

Também nesse caso, a temática não foi escolhida aleatoriamente. Razão óbvia, ela dialoga com a necessidade da militância do PSOL Feira de entender melhor um problema que tem motivado seu engajamento nas lutas do município. Além disso, as jornadas de junho colocaram na ordem do dia a necessidade de discussão sobre o direito à cidade, assim como mobilidade urbana como parte desse direito. Agora, passe livre e tarifa zero são expressões de uso diário. Apesar disso, o poder público feirense vai na contramão ao manter a conivência com os desmandos do empresariado do transporte! Mesmo a proposta de mudança de modelo para Bus Rapid Transit (BRT), sem participação popular, corre o risco de apenas repetir a mesma farsa da implantação do SIT em 2005.

Para esse debate, contaremos com a participação do professor Antonio Rosevaldo Ferreira, economista, mestre em desenvolvimento regional e urbano, especialista em regulação da AGERBA e pesquisador do GT sobre transporte público da UEFS; e Marcos Musse, estudante de História, integrante do Movimento do Passe Livre (MPL) em Salvador e militante do PSOL. O evento acontece sábado, dia 14, a partir das 15h na Casa São Paulo Apóstolo (Rua Castro Alves, n° 1270, Centro), próximo ao Habib’s.


Ascom PSOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário